Núcleo de Estudos de Literatura Portuguesa e Africana – NEPA UFF

Histórico

APRESENTAÇÃO

O Núcleo de Estudos de Literatura Portuguesa e Africana foi criado pelo Reitor da Universidade Federal Fluminense em 03 de março de 1997, através da Norma de Serviço n° 477. Seus objetivos são incentivar, promover e realizar atividades que estimulem o conhecimento e a divulgação das Literaturas Portuguesa e Africanas de Língua Portuguesa, bem como o intercâmbio acadêmico e cultural entre a UFF e demais instituições, governamentais ou não, nacionais ou estrangeiras.

Diante do processo de integração proposto pela Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, o NEPA busca estabelecer um fórum de reflexão permanente acerca das características que fundamentam as culturas de Portugal e dos países africanos cuja língua oficial é o português, possibilitando assim o surgimento e o desenvolvimento de estudos comparativos capazes de apontar os contrastes e as semelhanças existentes entre as Literaturas de nações que, pelo vínculo da História, se aproximam do Brasil como parceiros naturais no processo de adequação às novas relações sócio-econômicas e culturais que se delineiam neste fim do século XX.

Agradecemos, desde já, a sua colaboração, no sentido de divulgar nossas atividades.

O NEPA vem desenvolvendo ou apoiando, ao longo destes últimos anos, uma série de atividades, com a participação de escritores e/ou professores ligados a diversas universidades brasileiras e estrangeiras.

 1997

  •  Conferências:

1) Com a Profª Inocência Mata, da Universidade de Lisboa, intitulada “Literatura Angolana: ficções e realidades – um olhar diacrônico”;

2) Com a Profª Ana Paula Ferreira, da Universidade da Califórnia / Irvine, intitulada “A presença da fala feminina no neo-realismo português”.

  •  Encontros:

1) Com o escritor angolano Pepetela, logo após o recebimento do Prêmio Camões;

2) Com o escritor português Helder Macedo, acerca de seu romance Partes de África

  •  Seminário:

 Literatura e História das Idéias. – Este seminário, desenvolvido no período de 17 e 18 de setembro, contou com a presença de inúmeros convidados, dos quais destacamos: Prof. Dr. José Esteves Pereira (Univ. Nova de Lisboa), Prof. Dr. Manuel Cândido (Instituto de Filosofia Luso-Brasileira), Prof. Dr. João Ferreira (UnB / PUC-Brasília), Prof. Dr. Eduardo Abranches de Soveral (Univ. do Porto), Prof. Dr. António Braz Teixeira (Univ. Autônoma de Lisboa / Imprensa Nacional – Casa da Moeda). Representando a UFF, participaram o Prof. Dr. Mário César Lugarinho e a Profª Drª Maria Helena Varella.

1998

Como instrumento de integração desta Universidade ao Evento “Portugal – 500 anos”, organizado pela Prefeitura Municipal de Niterói, promovemos:

Mostra Literatura e Cinema, coordenada pela Profª Drª Maria Lúcia W. de Oliveira, da qual participaram, além de professores da casa, a Profª Drª Gilda Santos (UFRJ) e Maria do Perpétuo Socorro Correia Lima (UFRJ).

  •  Seminário:

I Seminário de Literaturas de Língua Portuguesa: Portugal e África – “Literatura: Vida Cultural, Criação, Margem”, no período de 1 a 3 de dezembro, do qual participaram, como convidados, o Prof. Dr. Paulo Fernando Motta de Oliveira (UFMG), a Profª Drª Teresa Cristina Cerdeira da Silva (UFRJ) e a Profª Drª Carmem Lúcia Tindó (UFRJ). Representando a UFF, apresentaram-se a Profª Drª Maria Lúcia W. de Oliveira, o Prof. Dr. Sílvio Renato Jorge, a Profª Drª Ida Maria F. Alves, a Profª Drª Dalva Calvão Verani, o Prof. Dr. Mário César Lugarinho, e a Profª Drª Laura Cavalcante Padilha.

  •  Encontros:

1) Com o escritor angolano Pepetela, em 09 de novembro, com apoio da EdUFF, no ano em que ganhou o Prêmio Camões.

  •  Curso de Extensão:

 “O discurso filosófico da modernidade I”, ministrado pela Profª Drª Maria Helena Varella, professora visitante no Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas – Letras – UFF. Com o objetivo geral de fundamentar a abordagem literária com instrumental filosófico, o curso atendeu alunos de diversas áreas e propiciou, portanto, maior integração entre o Instituto de Letras e demais setores da Universidade.

1999

  •  Seminário:

 “Literatura e Homoerotismo – I Encontro de pesquisadores Universitários”, coordenado pelos Profs. Drs. Mário César Lugarinho e José Carlos Barcellos. Congregou professores de diversas áreas, ligados a universidades nacionais e estrangeiras.

  •  Cursos de Extensão:

1) “O discurso filisófico da modernidade II”, continuação do curso ministrado no ano anterior pela Profª Drª Maria Helena Varella;

2) “Literatura e Outras Artes: Portugal e África”, coordenado pela Profª Drª Dalva Calvão Verani, que contou com a participação, além dos professores membros do NEPA, da Profª Drª Cláudia Márcia V. da Rocha (UFRJ) e do Prof. Antônio Hildebrando, atualmente pertencente ao quadro docente da UFMG.

 2000

  •  Seminários:

 Literatura e Homoerotismo – II Encontro de Professores Universitários, mais uma vez coordenado pelo Prof. Dr. Mário César Lugarinho, voltando a reunir, com extremo êxito, pesquisadores nacionais e estrangeiros.

II Seminário de Literaturas de Língua Portuguesa: Portugal e África – “A palavra silenciada”, no período de 28 a 30 de novembro, coordenação  dos Profs. Drs. Silvio Renato Jorge e Ida Ferreira Alves.

  •  Encontros:

1) Com o escritor angolano Pepetela, por ocasião do lançamento do livro A Gloriosa Família, em 02 de maio, em conjunto com a EdUFF;

2) Com Hélder Macedo, em 10 de maio, também em conjunto com a EdUFF;

3) Com a escritora angolana Paula Tavares, em 20 de outubro, também em conjunto com a EdUFF.

  •  Curso de Extensão:

Leitura: leituras – “Visões do amor, visões do mundo”, de 05 de abril a 21 de junho, estudos sobre textos de Carlos Drummond de Andrade, Al Berto, Eça de Queirós, José Saramago, poetas angolanos, Eugénio de Andrade, Paula Tavares.

2001

  •  Encontros:

 1) Com o poeta e crítico português Gastão Cruz, em 04 de julho. Uma das vozes poéticas mais respeitadas em Portugal, com desenvolvimento de intenso trabalho de leitura e formação de leitores de poesia, em paralelo com a sua atividade crítica;

2) Com a poeta angolana Paula Tavares, 20 de agosto, uma das vozes mais intensas da poesia angolana contemporânea.

  •  Curso de Extensão:

 Leitura: Leituras – 2ª etapa – A presença do maravilhoso, estranho e fantástico nas escritas literárias portuguesa e africana, de 07 de fevereiro a 04 de abril.

  •  Seminários:

 Entre os dias 11 e 13 de junho de 2001, o NEPA promoveu o III Encontro de Pesquisadores Universitários – Literatura e Homoerotismo, último da série, reunindo mais de 60 pesquisadores brasileiros e estrangeiros. Nesta ocasião, em virtude do sucesso alcançado pela iniciativa dos professores José Carlos Bracellos e Mário Lugarinho foi fundada a ABEH – Associação Brasileira de Estudos da Homocultura (http://www.fafich.ufmg.br/~abeh).

 

 2002

  •  Conferências:

1) Com o Prof. Dr. José Carlos Barcellos (UFF), 11 de março, sobre “Os Lusíadas e a Teologia”;

2) Com o Prof. Dr. João Barrento (Universidade Nova de Lisboa), 20 de agosto, sobre “A poesia é uma hipótese: sobre poesia e utopia”.

  •  Lançamento:

 Livro A Palavra Silenciada: Estudos de Literatura Portuguesa e Africana – org. de Silvio Renato Jorge e Ida Ferreira Alves, dia 11 de março, após a conferência.

  •  Encontros:

1) Com o escritor Helder Macedo, lançando seu livro Vícios e Virtudes, com palestra da Prof.ª Dr.ª Marisa Corrêa (UEM): Helder Macedo, a escrita em liberdade, em 05 de agosto;

2) Com o poeta contemporâneo e Editor das Quasi Edições, Portugal, Valter Hugo Mãe, conversando sobre A Poesia Portuguesa mais recente e diálogos com o Brasil, em 15 de agosto.

  •  Seminários:

 Colóquio Relações Luso-Brasileiras, enlaces e desenlaces, 22 a 23 de abril, org. do Polo de Pesquisa sobre Relações Luso-Brasieliras do Centro de Estudos do Real Gabinete Português de Leitura do Rio de Janeiro, com apoio do NEPA;

III Seminário Poesia Hoje, 02 e 03 de dezembro, com mesas-redondas, leituras poéticas e lançamento de revistas, organização de Celia Pedrosa e Ida Alves, com apoio do NEPA;

III Seminário de Literaturas de Língua Portuguesa: Portugal e África – Entre o riso e a melancolia, de Gil Vicente ao século XXI, de 06 a 08 de novembro de 2002., com diversos participantes das principais universidades brasileiras.

  •  Curso de Extensão:

 Leitura: leituras III – Um olhar sobre a escrita: autores que pensam o seu ofício, de 06 de junho a 05 de setembro;

Exílio e Romantismo Português, ministrado pela Prof.ª Dr.ª Cláudia Chigres, de 04 de junho a 09 de julho;

Rio-Lisboa: entre letras e artes, no Real Gabinete Português de Leitura, organização do PPRLB, com apoio do NEPA.

 

 2003

  •  Curso de Extensão:

Leitura: Leituras IV – A poética dos sentidos, de 20 de novembro a 29 de janeiro, com professores da UFF, UFRJ e FFSD.

  •  Palestra:

1) Prof.ª Dr.ª Vanda Anastácio (pesquisadora portuguesa), em 30 de outubro, sobre “O petraquismo na obra de Luís de Camões”;

2) Poeta e crítico português, Gastão Cruz, em 23 de maio, sobre Poesia Portuguesa Contemporânea, alguns trajetos: décadas de 60 a 90, com apoio da Fundação Calouste Gulbenkian;

3) Prof.ª Me. Marcia Maia (UFRJ), em 17 de junho, sobre “A Peregrinação, de Fernão Mendes Pinto: ideologia e sátira no imaginário das navegações portuguesas”.

  •  Curso de curta duração – 15 horas:

 Ministrado pelo poeta Gastão Cruz, de 20 a 23 de maio, sobre o poesia portuguesa contemporânea, com apoio da Pós-Graduação em Letras, Fundação Calouste Gulbenkian.

2004

  •  Colóquios:

 O cânone e a política do silêncio, I Colóquio de Literaturas Comparadas de Língua Portuguesa, 15 de junho, com apoios de CNPq e NEPA;

2° Colóquio do PPRLB: Relações Luso-Brasileiras – Deslocamentos e Permanências, de 26 a 28 de abril, no Real Gabinete Português de Leitura, com apoio do NEPA;

Colóquio Fernando Pessoa – Outra vez te revejo, em homenagem ao Dr. José Blanco, organizado pelo PPRLB do Real Gabinete Português de Leitura, com apoio do NEPA, em 20 de setembro.

  •  Palestras:

 1) Escritor Boaventura Cardoso, Ministro da Cultura da República de Angola e do Ensaísta, etnomusicólogo, poeta e escritor, Jorge Macedo, Consultor do Ministro da Cultura da República de Angola, 08 de outubro. No mesmo dia e local, às 14h, houve a projeção do filme angolano Na Cidade Vazia, de Maria João Ganga. Encontro realizado na UFRJ, Cátedra Jorge de Sena, com apoio do NEPA.

  • Seminário:

 IV Seminário de Literaturas de Língua Portuguesa: Portugal e África –Revolução, Revoluções, 16 a 18 de novembro, com a participação de diversos convidados nacionais e estrangeiros.

 

2005

  •  Congresso:

 Realização do XX Encontro da Associação Brasileira de Professores de Literatura Portuguesa (ABRAPLIP), No Limite dos Sentidos, com a participação diversos palestrantes portugueses, além de diversos convidados brasileiros. Ocorreu de 23 a 26 de agosto. Os anais em formato CD já foram publicados – ISBN 85-85020-84-4. Reuniram-se cerca de 500 participantes.

  •  Curso de curta duração – 15h:

 Ministrado pelo Prof. Dr. Horácio Costa (USP), sobre poesia portuguesa.

 

2006

  •  Seminário:

 No segundo semestre de 2006, o NEPA recebeu o Prof. Dr. João Barrento (Universidade Nova de Lisboa), importante crítico literário e tradutor, para um seminário de 04 horas sobre poesia portuguesa contemporânea e visualidade – 04 e 05 de setembro;

Também em setembro, ocorreu o V Seminário de Literaturas de Língua Portuguesa – Portugal e África: representações contemporâneas da subjetividade.

  •  Encontro de Pesquisa:

 De 14 a 20 de setembro de 2006, as Profas. Dras. Rosa Martelo e Ana Luísa Amaral (Universidade do Porto) estiveram em missão de trabalho na UFF junto ao grupo de pesquisa / CNPq “Poesia e Contemporaneidade”, Convênio CAPES / GRICES. Ana Luísa Amaral é também poeta.

 

 2007

  •  Palestras:

 Prof. Dr. Horácio Costa (USP), no dia 22 de março, às 18h 30, sala 212 C, sobre “Etc. e uma entrevista a Ana Hatherly: uma comemoração adiantada ao meio século de sua vida literária”.

  • Encontros:

 1) Com a poeta Maria Teresa Horta, em 10 de setembro, para palestra e encontro com alunos de graduação e pós-graduação, com lançamento da antologia brasileira de sua Poesia, pela Editora 7Letras;

2) Com a escritora Inês Pedrosa, em 12 de setembro, para palestra e encontro com alunos de graduação e pós-graduação, sobre a narrativa portuguesa contemporânea.

  •  Seminário:

 De 26 a 28 de novembro de 2007 foi realizado o Seminário de Poesia Contemporânea: Subjetividades e Identidades em Devir, com a presença dos professores e ensaístas portugueses Rosa Maria Martelo e Pedro Serra, e a poeta Ana Luísa Amaral, além de diversos especialistas que trabalham com poesia portuguesa, brasileira e de língua espanhola, inglesa e francesa.

  •  Curso de curta duração:

 De 13 a 15 de agosto, ocorreu o minicurso “A construção do sujeito literário em Cesário Verde, Eça de Queirós e Machado de Assis”, ministrado pelo Prof. Dr. Helder Macedo (King’s College).

 

 2008

  •  Seminário:

 De 20 a 22 de agosto de 2008, ocorreu o VI Seminário do NEPA, com o tema Memória, Paisagem e Escrita”, com a participação de diversos professores do Rio, São Paulo e Rio Grande do Sul. Anais publicados em maio de 2009.

  •  Palestras:

 Em 05 de setembro de 2008, houve a palestra do Prof. Dr. Pedro Eiras (Faculdade de Letras da Universidade do Porto – Portugal), sobre a poesia portuguesa contemporânea.

  •  Mesas-redondas:

 1) No dia 13 de agosto de 2008, ocorreu o lançamento da antologia brasileira do poeta Luís Quintais, organizada pelo Prof. Dr. Luís Maffei, Coleção Portugal, O, Editora Raquel. Mesa-redonda com o organizador e os Professores Drs. Jorge Fernandes da Silveira (UFRJ) e Ida Alves (UFF);

2) Em 08 de setembro de 2008, mesa-redonda com os Profs. Drs. Osvaldo Manuel Silvestre e António Apolinário Lourenço, ambos da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. O primeiro falou sobre “A língua como pátria em Bernardo Soares, Luis Bernardo Honwana e Nuno Júdice” e o segundo, “Os novos rostos de Fernando Pessoa (Quaresma, decifrador; o Barão de Teive; António Mora; a Prosa de Ricardo Reis”.

In memoriam José Carlos Barcellos

Prof. Dr. José Carlos Barcellos

Falecido em 14/02/2008

Doutor em Letras pela USP (1991) e em Teologia pela PUC-Rio (2000), Pós-Doutorado em Literatura Portuguesa pela UNESP (1999-2000). Professor Adjunto IV de Literatura Portuguesa da UFF, onde lecionou desde 1984. A partir de 2004, foi também professor da UERJ.

Ultimas Publicações:

BARCELLOS, José Carlos. Literatura e espiritualidade: uma leitura de Jeunes Années, de Julien Green. Bauru: EdUSC, 2001.

______ Homossociabilidade masculina e homoerotismo na ficção de Eça de Queirós. In: SCARPELLI, Marli Fantini; OLIVEIRA, Paulo Motta (orgs.). Os centenários: Eça, Freyre, Nobre. Belo Horizonte: CESP-FALE-UFMG, 2001.

______. A Fé e o Império: uma leitura teológica de Os Lusíadas. Revista Camoniana. 3 série, n. 14. Bauru: EDUSC, 2003, p. 71-121

______. O claustro (im)possível da Rua dos Douradores: uma leitura teológica do Livro do Desassossego, de Bernardo Soares. Communio: revista internacional de teologia e cultura. v. 22 n. 1. Rio de Janeiro: LetraCapital, 2004, p. 239-250

______. Entre o passado e o futuro: configurações do homoerotismo masculino em narrativas dos anos 1950. Matraga. n. 17. Rio de Janeiro: Universidade do Estado do Rio de Janeiro, 2005, p. 157-175

 

 2009

Neste ano, o NEPA passou a oferecer cursos de extensão ministrados por doutorandos de seu Programa de Pós-Graduação em Letras.

  •  Cursos de Extensão:

1) Caligrafias Extremas;

2) Arte de Narrar;

3) Literatura Angolana, de 29 de outubro a 17 de novembro de 2009. Ministrado pelo Prof. Doutorando Marcelo Brandão.

Foi oferecido também o Curso de extensão anual do NEPA, desta vez dedicado ao tema – animais nas literaturas de língua portuguesa – Animamot.

  • Encontros:

1) Em junho de 2009, o NEPA recebeu como professor visitante o poeta e professor da Universidade Nova de Lisboa, Nuno Júdice;

2) Visita do Professor Dr. Pedro Serra, Universidade de Salamanca, Espanha, no período de 21 a 25 de setembro de 2009, realizando uma série de atividades no Instituto de Letras – UFF: palestra para a graduação sobre a poesia portuguesa contemporânea, encontro com mestrandos e doutorandos, participação no Colóquio Luiza Neto Jorge e segunda palestra (Pós): “Poesia contemporânea e documentário cinematográfico”.

  •  Colóquios:

Em 23 e 24 de setembro, ocorreu o Colóquio Luiza Neto Jorge (2989 – 2009), motivado pelo desejo de homenagear a poeta portuguesa, cuja importância no âmbito da poesia de nossa língua não pode ficar restrita ao conhecimento de especialistas. Foram apresentados também estudos sobre outros poetas contemporâneos. Participação de diversos especialistas, inclusive o poeta Gastão Cruz. O Colóquio deu origem ao livro “Um corpo inenarrável e outras vozes – estudos de poesia portuguesa moderna e contemporânea”, edição EdUFF.

Mesa-redonda:

Em outubro, mesa-redonda “Pesquisa em Literaturas Africanas de Língua Portuguesa: Projetos e Perspectivas”, com a presença das Professoras Doutoras Carmen Lúcia Tindó Ribeiro Secco (UFRJ), Iris da Costa Amâncio (UFF) e Tania Macêdo (USP).

 

2010

  • Palestras:

1) Em 25 de agosto, palestra da Professora Roselis Batista sobre Lucio Cardoso, romancista de Timor. Professora da Université de Reims Champagne Ardenne, desenvolvendo atualmente pesquisa de livre docencia em literatura latino-americana adaptada ao cinema (Brasil e México), ficção para televisão e literaturas de língua portuguesa. Dirige o seminário trilingue (português, espanhol e francês) de tradução literária. Vem pesquisando a literatura de Timor, expressão portuguesa;

2) Em 01 de setembro, no auditório Macunaíma, palestra do pessoano Richard Zenith sobre a presença de António Vieira na obra pessoana. Resumo: “Há duas vertentes na presença e influência de António Vieira na obra de Pessoa. Por um lado, o poeta modernista co-optou a doutrina do Quinto Império arquitectada pelo missionário jesuíta, actualizando e «espiritualizando» os seus termos. Não menos significativamente, por outro lado, considerou que Vieira era o construtor-mestre da língua portuguesa. Este juízo está patente, por exemplo, no Livro do Desassossego, e não será por acaso que Bernardo Soares, no mesmo trecho em que elogia certas páginas do pregador pela «sua fria perfeição de engenharia sintáctica», diz que «Minha pátria é a língua portuguesa», assim revelando a natureza essencialmente linguística do patriotismo pessoano. Ligando estas duas vertentes – o imperialismo português teorizado por Vieira e o estatuto de «Imperador da língua portuguesa» que a Mensagem lhe atribui –, pretendo demonstrar que, no entender de Pessoa, o padre-profeta era a realização exemplar do próprio Quinto Império que promulgou;

3) No dia 21 de setembro, a prof.ª dr.ª Maria Aparecida Ribeiro (Universidade de Coimbra), apresentou a palestra “Camões — entre antropófago e rival de D. Sebastião”. No século XIX, a partir do conhecimento da obra camoniana e de sua biografia, Camões foi eleito como personagem de vários künstlerdramen europeus (e não só). Na Dinamarca, Alemanha, itália, França, Espanha, Bélgica,Portugal, inglaterra, por exemplo, vários artistas, identificados (ou não), com os sofrimentos do poeta, levaram-no ao palco como personagem. Nesee filão literário, que é abundante em exemplos, o épico português surge com vários rostos, que vão do grande patriota ao eterno apaixonado, perfis já consagrados, mas também recebe perfis que se podem tornar cômicos.

  •  Cursos de Extensão:

 A arte de narrar (re)conhecendo a ficção de António Lobo Antunes, Agustina Bessa Luís e Teolinda Gersão, ministrado pelas doutorandas Maria Cristina Chaves de Carvalho, Jane Rodrigues dos Santos e Viviane da Silva Vasconcelos, no período de 04 de novembro a 11 de dezembro de 2010.

Seminário:

VII Seminário das Literaturas de Língua Portuguesa: Portugal e África e III Colóquio Literatura, Guerra e Paz: “Em torno da violência: palavra, corpo e imagem”,de 03 a 05 de novembro de 2010. O Seminário deu origem ao livro, organizado pelas professoras Laura Cavalcante Padilha e Renata Flavia da Silva, De guerras e violências: palavra, corpo, imagem, Niterói: EdUFF, 2011.

  • Colóquios:

 1) No dia 23 de novembro, celebrando o aniversário de 80 anos do poeta, realizou-se a jornada “Soldado aos laços das constelações – Dia Herberto Helder”, com participação dos profs. Ida Alves, Izabela Leal, Jorge Fernandes da Silveira, Lilian Jacoto, Luis Maffei, Maria Lúcia Wiltshire e Mauricio Salles Vasconcelos. O Colóquio deu origem ao livro, organizado pelos profs. Luis Maffei e Lilian Jacoto, Soldado aos laços das constelações – Herberto Helder. São Paulo: Lumme, 2011.

 

2011

  • Colóquios:

 1) No dia 30 de junho de 2011, na sala 218-C, realizou-se a Jornada Carlos de Oliveira, em memória aos 30 anos de morte do poeta (1981-2011). Nesse evento, contou-se com a presença dos professores Jorge Fernandes da Silveira, Ida Alves, Ângela Beatriz, Benjamin Abdalla, Teresa Cerdeira, Mônica Figueiredo, Dalva Calvão, Silvio Renato Jorge, Maria Lúcia Wiltshire de Oliveira, Luis Maffei, Sofia de Sousa Silva e de jovens pesquisadores;

2) Um dia de Fulgor – Colóquio Internacional Maria Gabriela Llansol (1931-2008). Para comemorar os 80 anos de nascimento da escritora Maria Gabriela Llansol (1931-2008), no dia 18 de outubro de 2011, realizou-se um colóquio que reuniu importantes críticos brasileiros e portugueses, entre os quais se destacam João Barrento, Maria Carolina Fenati, Maria Etelvina Santos, Jorge Fernandes da Silveira, Lucia Castello Branco, Luci Ruas, Maria de Lourdes Soares, Sônia Piteri, Maria Lúcia Wiltshire de Oliveira, Vania Maria Baeta Andrade, Tatiana Pequeno e outros pesquisores.

  •  Encontros:

1) Em 17 de agosto de 2011, no auditório Macunaína do Instituto de Letras, aconteceu o Encontro Viver e Estudar em Portugal, no horário das 14h às 19h. Essa atividade estava prevista no projeto de dupla diplomação internacional (CAPES-UFF e UC), cujo objetivo foi ajudar os estudantes desse intercâmbio universitário a compreenderem a realidade de vida cotidiana e estudantil em Portugal.

  •  Curso de curta duração:

 1) Em 01 de setembro de 2011, na sala 501 C do Instituto de Letras, ocorreu o curso de curta duração intitulado Brasil e Portugal: questões poéticas contemporâneas, ministrado pelos professores Maurício Vasconcellos (USP) e Paulo Franchetti (UNICAMP). O primeiro proferiu palestra sobre “Cine Voz: poema em registro” e o segundo, “Lírica e anacronismo”.

  •  Palestras:

 1) No dia 15 de setembro, às 10h, houve a palestra A presença francesa no teatro vicentino, da professora Olinda Kleimann (Université de Lille 3 – França);

2) Em 20 de setembro de 2011, às 10h30min, na sala 207-B, ocorreu a palestra Os nós da poesia, com a jornalista e poeta portuguesa Ana Marques Gastão.

  •  Cursos de Extensão:

 1) Lendo África: literatura, história e política em textos de autores africanos foi um curso oferecido pela doutoranda Alessandra Magalhães, no período de 13 de setembro a 25 de outubro de 2011.

  • Homenagem:

 No dia 06 de outubro de 2011, às 18h, no auditório Macunaíma do Instituto de Letras, realizou-se a cerimônia de outorga do título de Professor Emérito para a professora Drª. Laura Cavalcante Padilha, que atua no nosso Núcleo de Estudos de Literatura Portuguesa e Africana.

 

2012

  •  Doação:

Em janeiro de 2012, o Núcleo de Estudos de Literatura Portuguesa e Africana recebeu a doação de livros do acervo particular da poeta portuguesa Ana Hatherly, material que se encontrava na Fundação Calouste Gulbenkian e que nos foi encaminhado através do Consulado Geral de Portugal no Rio de Janeiro e do Real Gabinete Português de Leitura.

  • Colóquios:

 1) No dia 11 de junho, realizou-se a jornada “Um dia de Camões”, com a participação dos profs. Luiza Nóbrega (UFRN), Marcia Arruda Franco (USP), Marina Machado (UERJ), Maurício Matos (UEA), Luis Maffei (UFF) e Sheila Hue (UERJ).

  •  Curso de curta duração:

 1) No período de 28 de maio a 01 de junho de 2012, na sala 501 C do Instituto de Letras, realizou-se o curso de curta duração ministrado pelo professor, poeta e crítico Manuel Gusmão (Universidade de Lisboa), cujo título foi “A modernidade estética na poesia francesa das últimas décadas do séc. XIX. A modernidade e o modernismo em Pessoa e na poesia portuguesa contemporânea.” O curso enfatizou as diferentes maneiras de traçar a modernidade estética na poesia francesa e seus ecos na poesia portuguesa moderna e contemporânea;

2) Nos dias 4, 5, 6 e 10 de setembro de 2012, no horário das 15h às 19h, aconteceu o curso A poesia portuguesa contemporânea, ministrado pelo professor e poeta António Carlos Cortez. O curso se propôs a revisitar autores e obras que estabeleceram uma nova linguagem poética nos últimos dez anos em Portugal.

3) O curso “As ciências sociais e o cinema: uma proposta metodológica para uma análise fílmica”, ministrado pelo Professor Alberto da Silva, Doutor em Estudos Lusófonos – Université Paris IV/ Sorbonne, aconteceu no período de 10 a 12 de setembro de 2012, no horário das 10h às 15h, no auditório Macunaíma do Instituto de Letras. A atividade, de caráter interdisciplinar, ofereceu aos participantes a possibilidade de trabalhar com os objetos fílmicos, realizando uma análise crítica dos procedimentos cinematográficos selecionados pelos cineastas.

 4)O curso “África no Cinema: cineclube debate”, ministrado pela doutoranda Alessandra Magalhães, em dezembro, tinha como objetivo pensar acerca da construção de um imaginário sobre África, a partir de alguns filmes, a fim de discutir e ampliar o repertório de temas que se relacionam com o continente. Foram exibidos alguns filmes para posterior debate: 14/12 – “O Jardineiro fiel”; 17/12 – “Terra Sonâmbula”; 18/12 – “Na Cidade Vazia”; 19/12 – “Hotel Ruanda”; 20/12 – “Borboletas Negras”.

  •  Seminário:

 VIII Seminário das Literaturas de Língua Portuguesa – Portugal e África: “Entre Ética e Estética”, de 03 a 05 de outubro de 2012. [Fotos]

  •  Palestras:

 1) No dia 7 de outubro, às 17h, houve a palestra “Formas de escrever o eu. Subjetividade e intimismo na poesia portuguesa do século XIX”, da professora Annie Fernandes (USP);

2) No dia 11 de dezembro, às 18h, houve a palestra “Álvaro de Campos e a Fúria”, do prof. Pedro Eiras (Univ. do Porto).

  •  Eventos Apoiados:

 Entre 29 de novembro e 1 de dezembro, realizou-se em Paris o Colóquio Internacional “Littérature, voyages et tourisme culturel au Brésil, en France et au Portugal”. [Fotos]

 

2013

  • Palestras:

1) No dia 7 de março, às 15h, houve a palestra “A Poesia de Nuno Júdice”, da prof.ª Silvana Pessôa (UFMG), em pós-doutorado no Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários da UFF, no âmbito do curso de pós-graduação Escritas do Espaço na Poesia Contemporânea;

2) No dia 7 de março, às 18h, houve a palestra “Uma Descolonização Incompleta: O Pós-Colonialismo na Literatura e Cinema Portugueses”, da prof.ª Patrícia Vieira (Georgetown University);

3) No dia 27 de março, às 17h, houve a palestra “Poesia e Cinema”, da prof.ª Rosa Martelo (Universidade do Porto), no âmbito do grupo de pesquisa Poesia e Contemporaneidade;

4) No dia 7 de outubro, às 18h, houve a palestra “Fernando Pessoa: tradutor”, da prof.ª Claudia J. Ficher, do Centro de Estudos Comparatistas da Universidade de Lisboa.

  •   Curso de curta duração:

 1) No período de 4 a 18 de março, realizou-se o curso de curta duração ministrado pelas professoras Alessandra Magalhães, Ana Barbara Aprigio Rosa e Elisangela Silva Heringer, coordenador pela prof.ª Renata Flavia da Silva, cujo título foi “A lei 10.639/03 da teoria à prática: literaturas africanas na escola”. A proposta deste minicurso foi, a partir da leitura de narrativas curtas de autores africanos, elaborar práticas pedagógicas que efetivamente discutam e ampliem o repertório sobre o continente africano, a fim de recusar estereótipos e construir senso crítico em alunos de Ensino Fundamental e Médio.Foram 5 encontros, com os seguintes temas: “A lei 10.639/03. África: novos olhares”; “A escola e a pluralidade cultural”;”Os lugares da infância”; “As relações etnicorraciais na literatura”; e “Compartilhamento das práticas elaboradas”;

2) No período entre 18 de setembro e 2 de outubro, realizou-se o minicurso “África em letras e imagens”, ministrado pelas professoras Alessandra Magalhães (Doutoranda em Literatura Comparada – UFF), Camila Sabino  (Mestranda em Literaturas Portuguesa e Africanas – UFF), Elisangela Silva Heringer (Mestranda em Literaturas Portuguesa e Africanas – UFF) e Magda Veríssimo (Mestranda em Literaturas Portuguesa e Africanas – UFF) e coordenado pela prof.ª Renata Flavia da Silva, com a proposta de, partir da leitura de narrativas, poemas, filmes, documentários, ilustrações, fotografias, performances e intervenções artísticas, estabelecer um diálogo entre literatura, cinema e artes plásticas a fim de compreender de maneira crítica as dimensões ética, estética e política da produção de diferentes artistas africanos, principalmente angolanos e moçambicanos, marcando um lugar de dissensão com um imaginário hegemônico sobre a África.

  •  Doação:

 Recebimento de cinco exemplares da publicação Versos, do poeta santomense Caetano da Costa Alegre, e três publicações da escritora santomense Conceição Lima (O útero da casa, A dolorosa raiz do micondó e O país de akendeguê), que nos foram enviados com o termo de doação assinado de 05 de março de 2013 pelo Embaixador do Brasil em São Tomé e Príncipe, Dr. José Carlos de Araújo Leitão.

  •  Colóquios:

 1) No dia 10 de junho, realizou-se a jornada “Um dia de Camões”, cuja programação completa contou com a participação dos profs. Luiza Nóbrega (UFRN), Marina Machado (UERJ), Márcio Muniz (UFBA/CNPq), Jorge Fernandes da Silveira (UFRJ), Maria Lúcia Wiltshire (UFF) e Sheila Hue (UNIRIO), além da Conferência “Uma Leitura de Adamastor”, de Cleonice Berardinelli (UFRJ/PUC-Rio/ABL), e 27 comunicações.

2) No dia 18 de junho, realizou-se no Instituto de Letras, bloco C, sala 218, um dia de homenagem à escritora portuguesa Ana Hatherly, cujo romance O Mestre completa 50 anos de edição, a Jornada Ana Hatherly. A escritora, poeta e crítica é um dos nomes mais fortes do estudo do Barroco e Neo-barroco português. Além disso, exerceu importante papel na divulgação da Poesia Experimental, em Portugal, produzindo material teórico e crítico da mais alta relevância para o estudo da poesia visual. Cartaz.

2014

  •  Palestras:

1) No dia 12 de fevereiro, às 15h, houve a apresentação de uma mesa de pesquisas em curso, vinculada ao projeto internacional CAPES/FCT “Crítica, Poesia e Contemporaneidade no Brasil e em Portugal: tendências e questões”, sobre o escritor / poeta Gonçalo M. Tavares, com os professores / pesquisadores Franklin Alves Dassie (UFF), Maria da Graça Ribeiro da Mata (Univ. de Évora) e Madalena Vaz Pinto (UERJ);

2) Recebemos a prof.ª dr.ª Cristina Santos (Univ. de Évora) para duas palaestras vinculadas ao projeto internacional CAPES/FCT “Crítica, Poesia e Contemporaneidade no Brasil e em Portugal: tendências e questões”. No dia 13 de fevereiro, às 14h, na sala 501C, para alunos da pós-graduação, a palestra “A Crítica de poesia e a poesia crítica nos anos 70 em Portugal” e, no dia 19 de fevereiro, às 18h, para alunos de graduação, a palestra “Do tom elegíaco na poesia portuguesa contemporânea – alguns exemplos”;

3) No dia 29 de agosto, às 19h, a prof.ª dr.ª Vanda Anastácio (diretora do Departamento de Literaturas Românicas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa) proferiu a palestra “O que é um autor? O que é uma autora? Questões e reflexões em torno do conceito de autoria”.

4) Recebemos a prof.ª Joana Matos Frias (Universidade do Porto) para uma série de palestras. No dia 20/08, às 16h, na sala do NEPA, “A arquitectura da memória em Fiama Hasse Pais Brandão”. No dia 27/08, às 11h, e no dia 28/08, às 17h, “Os ‘viciados da velocidade’: a construção dinâmica da cidade na poesia e no cinema vanguardistas”. No dia 04/09, às 17h, “‘Eu sou da cidade até a raiz do terror’: as arcádias em que José Miguel Silva não acredita”.

  •  Curso de curta duração:

1) No período de 18 a 20 de fevereiro, entre as 14h30 e as 18h30, realizou-se o curso de curta duração “Itinerários de poesia e cultura no Brasil a partir dos anos 60”, com a prof.ª dr.ª Viviana Bosi (USP).

Colóquios:

1) No dia 19 de maio, realizou-se a jornada “Um dia de Camões – III”.

Entrevistas:

1) O prof. Luís Maffei participou do programa BoaVontade Entrevista, comentando a obra de Luís de Camões, no dia 10 de junho. Primeira parte. Segunda parte.

 

 

Translate »